Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2008

Internet dissemina novos métodos de grampo ilegal

Fonte: RUBENS VALENTE
enviado especial da Folha a Brasília A CPI dos Grampos, no Congresso Nacional, preocupa-se há meses com maletas e interceptações supostamente feitas pelas companhias telefônicas sem amparo judicial, mas os últimos saltos tecnológicos empurraram esses métodos para trás, no submundo das escutas clandestinas. A última onda são programas do tipo "cavalo-de-tróia", vendidos livremente na internet por preços que variam de 100 a 250 por ano. Inseridos num telefone celular, os programas simulam teleconferências, abrindo o áudio de conversas para o invasor. "Cavalo-de-tróia" é um programa que, instalado, derruba as proteções do aparelho e abre espaço para o invasor. O novo patamar do grampo de alta tecnologia foi debatido em seminário promovido no auditório JK, da Procuradoria Geral da República, em Brasília, pela organização não governamental Cipae (Comunidade de Inteligência Policial e Análise Evidencial), formada por investigadores do Ministério Pú…

Brasil é recordista mundial de crimes praticados pela internet

Redação: Portal IMPRENSA A Justiça brasileira registrou, no ano de 2008, mais de 17 mil ações contra crimes praticados pela internet, noticiou a Agência Brasil. De acordo com o advogado Renato Ópice Blum, especialista em crimes digitais, o uso de novas tecnologias traz benefícios, mas também favorece o aumento de litígios na web, como calúnia, pedofilia, difamação e instalação de programas espiões. Segundo o advogado, tais números colocam o Brasil como recordista mundial de crimes praticados pela web. Na avaliação de Blum, falta adequação da legislação brasileira aos crimes praticados na rede, muitos deles acobertados por lacunas do Direito. "Nós temos aí 95% de cobertura da legislação para crimes eletrônicos. Dentro desses 95%, 70% apenas de uma boa cobertura, por exemplo, no caso de um crime contra a honra, uma difamação. A pessoa que comete esse ato ilícito pode estar sujeita a uma pena máxima de dois anos, dois anos e meio; uma pena dessa não coloca ninguém na cadeia, porém, o …

Rogério Meirelles da Polícia Federal aborda crimes da era digital

Maior cuidado dos pais pode evitar crimes pela internet, cada vez mais comuns

Novo Hamburgo/RS - O Conselho de Serviços da Associação Comercial, Industrial e de Serviços de Novo Hamburgo, Campo Bom e Estância Velha promoveu na terça-feira (16) a palestra "Segurança da Informação", com o agente especial da Polícia Federal, Rogério Nogueira Meirelles. Para o especialista, soluções simples como não adquirir programas piratas, não abrir e-mails desconhecidos e não autorizar que qualquer programa seja instalado em suas máquinas já evitaria grande parte dos problemas. "A questão é que os pais perderam o bonde da história, e muitos não se atualizaram. Então, quem lida com os computadores, indiscriminadamente, são os jovens. Esses jovens, por passarem muito tempo na internet, desenvolvem uma lógica de ética própria, e acabam cometendo crimes", alerta Meirelles.

A prevenção de crimes cibernéticos é cada vez mais complicada, devido as novas tecnologias, o aumento do número…

Alunos do Curso de Crimes Praticados Pela Internet fazem Operação em Tenente Portela e investigam delito praticado pelo mundo virtual

Acompanhei, com grande satistafação, a atuação dos alunos do Curso de Crimes Praticados Pela Internet em operação policial que investiga delitos praticados pela internet na cidade de Tenente Portela, no noroeste do Estado do Rio Grande do Sul.

Comandados pelo Delegado de Polícia Vinícius Puricelli Faccini, recém empossado e também aluno do curso na sua sexta edição, os agentes Fábio Ruzicki Conceição, Fábio Cristiano Leismann Zanella e Luciana Rolim (todos integrantes da Região Policial de Três Passos e participantes da quinta edição, realizada em Santa Rosa), além de outros policiais, realizaram uma investigação, que começou há um mês, quando uma pessoa da Bahia disse que seu cartão de crédito tinha sido usado para fazer compras em uma loja na internet. Os materiais teriam sido entregues em Tenente Portela.

Pela manhã de sexta-feira foram cumpridos três mandados de busca e apreensão em duas residências e um estabelecimento comercial. Foram apreendidos duas televisões - de 29 e 21 poleg…

Criminosos do mundo virtual, usam assuntos variados para tentar atrair vítimas

Fonte: G1.com.br (por Altiere Rohr)
Sua conta será cancelada. Alguém está lhe traindo. Você recebeu uma declaração de amor. A Polícia Federal está lhe intimando para um processo de investigação. Esses são alguns dos vários assuntos que servem de isca para as fraudes de internet, algumas vezes chamadas de 'phishings' (aliás, o termo pronuncia-se “fíchin”). Embora fale-se tanto sobre o assunto, criminosos não param de usar golpes antigos e inventar outros novos, gerando novas vítimas do crime virtual. Esse é o assunto da coluna “Segurança para o PC” de hoje.

Tradicionalmente, phishings são e-mails criminosos que tentam se passar por uma correspondência bancária ou de outra instituição financeira. Seguindo as instruções presentes na mensagem, o internauta acabaria visitando uma página parecida com a da instituição e enviando suas informações para o golpista, habilitando-o a tran…

Posse da 42.ª Turma do Curso de Formação de Delegados de Polícia da ACADEPOL

A 42.ª Turma do Curso de Formação de Delegados de Polícia da ACADEPOL será empossada na quinta-feira próximoa - dia 18.

A solenidade ocorrerá às 9h30min no auditório Del. Cícero do Amaral Viana, 1.º andar do Palácio da Polícia, na Av. João Pessoa, 2050, Porto Alegre.

Os novos delegados de polícia deverão ser designados para cidades do Interior do Estado, onde passarão a exercer suas atividades, nos termos da legislação vigente.

Fonte: Asdep/RS

Sucesso à essa brilhante turma de agora Delegados, antes guerreiros alunos, colocando-me à disposição de todos para as empreitadas investigativas. Emerson Wendt

CPI da Pedofilia assina quarta-feira acordo com teles e provedoras de acesso à Internet

Foi divulgado hoje, pela Agência Senado (Iara Guimarães Altafin):

As prestadoras de serviços de telecomunicações, de provimento de acesso à Internet e de serviços de conteúdo na rede mundial de computadores devem assinar, nesta quarta-feira (17), termo de cooperação com a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pedofilia, o Ministério Público, a Polícia Federal, o Comitê Gestor da Internet e a Safernet Brasil. O acordo visa facilitar o acesso das autoridades judiciais e policiais a dados sobre usuários de Internet investigados pela prática da pedofilia.
O termo de cooperação é fruto de entendimentos construídos nos últimos quatro meses, a partir de reuniões entre assessores da CPI e representantes das empresas. No documento, serão definidos procedimentos para a preservação de dados sobre usuários de Internet, além da forma e os prazos de disponibilização, às autoridades, de informações sobre internautas que usam a rede para divulgar material pedófilo.
O acordo começou a ser construído…

Projeto da CPI da Pedofilia quer agilizar acesso a dados de internautas suspeitos

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pedofilia pretende apresentar um projeto de lei para regulamentar o fornecimento de dados de internautas investigados pela prática de crimes contra crianças e adolescentes na Internet. De acordo com o documento, fornecedores de serviço de acesso à rede - como provedores e empresas de telecomunicações - e de serviço de conteúdo ou interativo deverão se adaptar a novas regras para forma, prazos e meios de preservação do dados. Se aprovado, o projeto determina o armazenamento pelas empresas de dados sobre a conexão à Internet, o assinante ou o usuário e o conteúdo. Segundo a proposta, caso um usuário tenha o acesso à Internet bloqueado pela prática de crimes, a provedora deve preservar as provas e comunicar o fato às autoridades em até 72 horas, informou a Agência Senado. Além disso, as informações deverão ser armazenadas por até três anos, no caso de fornecedores de serviço de acesso, e por seis meses para serviço de conteúdo ou interativo. Se…

Ser feliz ou ter razão?

Recebi esta mensagem, por e-mail dias atrás, e achei interessante compartilhá-la com todos:
"Oito da noite, numa avenida movimentada. O casal já está atrasado para jantar na casa de uns amigos. O endereço é novo, bem como o caminho que ela consultou no mapa antes de sair. Ele conduz o carro. Ela orienta e pede para que vire, na próxima rua, à esquerda. Ele tem certeza de que é à direita. Discutem. Percebendo que além de atrasados, poderão ficar mal-humorados, ela deixa que ele decida. Ele vira à direita e percebe, então, que estava errado. Embora com dificuldade, admite que insistiu no caminho errado, enquanto faz o retorno. Ela sorri e diz que não há nenhum problema se chegarem alguns minutos atrasados. Mas ele ainda quer saber: - Se tinhas tanta certeza de que eu estava indo pelo caminho errado, devias ter insistido um pouco mais... E ela diz: - Entre ter razão e ser feliz, prefiro ser feliz. Estávamos à beira de uma discussão, se eu insistisse mais, teríamos estragado a…

Dicas de como fazer compras online de forma segura

Achei interessante essas dicas do Centro de Atendimento a Incidentes de Segurança (CAIS) da Rede Nacional de Ensino e Pesquisa e vou postá-las abaixo, com algumas observações seqüenciais:

O CAIS expediu um alerta sobre alguns cuidados que você deveria tomarantes de efetuar suas compras on-line, já que estamos entrando em um período em que o volume de compras pela Internetaumenta consideravelmente. Natal, Amigo Secreto/Oculto e outrasconfraternizações típicas desta época causam um aumento de compras
on-line, mesmo por aqueles que nunca compraram pela Internet por temerproblemas de segurança.

ANTES DA COMPRA

. Cuidados na busca - seja cuidadoso com os links patrocinados do Google (resultado da busca destacado em amarelo e no painel direito). Há registros de fraudadores que pagaram pelo serviço paradestacar suas páginas falsas ou páginas de distribuição de softwaremalicioso (malware). Utilize sites de busca alternativos para verificaro endereço correto da loja, como Dogpile (http://www.dogpi…