Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Janeiro, 2009

Especialistas alertam para perigo de expor informações na internet

Os comunicadores instantâneos e as redes sociais já são parte da vida de muitos internautas, que trocam fotos, vídeos e detalhes de sua vida pessoal na web. Mas especialistas alertam que essa exposição pode ser perigosa, principalmente por causa dos hackers – pessoas que invadem computadores e podem roubar informações sigilosas. Além disso, há os usuários mal-intencionados, que se aproveitam das informações publicadas on-line. A polícia tem registrado cada vez mais casos de vítimas desse mundo virtual.Veja o site do Bom Dia Brasil sobre o assunto.

Apesar das vantagens, como manter contato com pessoas que estão fisicamente distantes, a internet também esconde armadilhas. Uma adolescente de Natal foi para Olinda com a promessa de trabalhar como modelo. O amigo virtual, muito mais velho, a obrigou a se prostituir. O caso foi parar na polícia, e ela foi devolvida para a…

Falsa notícia sobre Ronaldo é usada para roubar senhas bancárias

Mais um golpe no mundo virtual (fonte: G1.com.br):

Um e-mail com uma notícia falsa está circulando pela internet com o objetivo de fazer o internauta clicar em um link e inadvertidamente infectar seu computador com programas maliciosos que roubam senhas bancárias.

A mensagem tenta reproduzir a marca do G1 e traz uma notícia falsa sobre o jogador Ronaldo. Como é comum em mensagens fraudulentas na internet, apresenta erros gramaticais e de ortografia.
A notícia falsa incentiva o internauta a clicar no link para assistir a um vídeo sobre Ronaldo, mas o endereço guarda, na verdade, códigos maliciosos que podem infectar o computador e abrir portas para piratas virtuais roubarem dados.
Em 2008, golpes parecidos usaram notícias falsas sobre o Big Brother Brasil, o apresentador Silvio Santos e o caso da morte da menina Isabela Nardoni para infectar computadores de usuários desavisados.
Códigos ma…

Brasil é o segundo país mais atingido pelo vírus Conficker, diz F-Secure

Uma estimava do número de computadores infectados pelo vírus Conficker aponta o Brasil como o segundo país com mais endereços de IP infectados, atrás apenas da China. O endereço IP é o número atribuído a cada sistema na internet, o que significaria que o País teria também o segundo maior número de computadores infectados. A pesquisa foi realizada pela empresa de segurança F-Secure e divulgada na terça-feira (13).

A companhia de segurança detectou 38.277 IPs infectados na China e 34.814 no Brasil. Rússia, Índia, Ucrânia, Itália e Argentina aparecem na sequência, mas com números inferiores: 24.526 na Rússia e 11.675 na Argentina. O número de IPs não se traduz diretamente em número de computadores infectados -- o número de PCs é sempre maior do que o número de IPs.Os países mais infectados:
IPs infectadosPaís38.277China34.814Brasil24.526Rússia16.497Índia14.767Ucrânia13.115Itália11.675Argentina11…

CPI da Pedofilia abre debate sobre o tema e inicia esforço legislativo para combate ao crime

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Pedofilia foi criada em março de 2008 por iniciativa do senador Magno Malta (PR-ES), escolhido para presidi-la. O assunto foi posto em voga, com a presença do parlamentar até em programas televisivos para esclarecer a população a respeito do tema.
Um dos resultados obtidos pela CPI foi a sanção, pelo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, em dezembro de 2008, do projeto de lei que aumentou a punição e abrangência de crimes relacionados à pedofilia na Internet. Além de aumentar a pena máxima de crimes de pornografia infantil na rede de seis para oito anos, a lei criminaliza a aquisição, posse e divulgação para venda de material pornográfico, condutas que não estão previstas na legislação atual e que já são vigentes em outros países. O Brasil ocupa o quarto lugar no consumo de pedofilia no mundo, segundo a Polícia Federal.
A elaboração do projeto foi fruto das discussões que se deram no âmbito do colegiado no decorrer de 2008. A ausência de uma …

STJ: divulgação de pedofília cabe a Justiça Estadual

Fontes: Última Instância/JL e Midiamax
O julgamento de processos sobre divulgação de imagens pornográficas de crianças via e-mail, quando o crime se limitar ao território do Brasil, é de competência da Justiça estadual. A decisão é da 3ª Seção do STJ (Superior Tribunal de Justiça), que declarou a 3ª Vara Criminal de Osasco (SP) competente para analisar ação penal contra acusado por atentado violento ao pudor contra a própria filha.De acordo com informações divulgadas pela assessoria do STJ, os fatos descritos na denúncia são de que o acusado teria praticado atos libidinosos com a menor e repassado para outra pessoa, também residente no Brasil, cenas pornográficas gravadas por meio de webcam.O processo tramitou regularmente na 8ª Vara Federal de São Paulo. Entretanto, a juíza federal encarregada do caso acolheu a tese da defesa e se afirmou incompetente. A magistrada encaminhou o conflito de competência para o STJ.Segundo o ministro Napoleão Nunes Maia Filho, relator do recurso, o simpl…

Ataques cibernéticos estão entre três maiores ameaças mundiais, diz FBI

Fonte: France Presse, em Nova York Os ataques informatizados representam a maior ameaça para os Estados Unidos, depois da guerra nuclear e das armas de destruição em massa, e são cada vez mais difíceis de impedir, segundo especialistas da Polícia Federal norte-americana (FBI). Durante uma conferência em Nova York nesta terça-feira (7), Shawn Henry, diretor adjunto da divisão informática do FBI, disse que esses ataques representam "o maior risco para a segurança nacional, depois das armas de destruição em massa e de uma bomba em uma de nossas metrópoles". "A ameaça que pesa sobre nossa infraestrutura, nossos serviços de inteligência e nossos sistemas de informática é imensa", avisou. Os peritos americanos chegaram a utilizar o termo de "cybergeddon", ou apocalipse cibernético, uma situação em que uma sociedade avançada --na qual tudo o que é importante é ligado, ou até controlado, pelos computadores-- é sabotada por piratas virtuais.
Michael Balboni, secre…