sexta-feira, 28 de junho de 2013

Entrevista para Jovem Pan: Diferentes senhas dificultam ações de hackers na internet, afirma especialista

Com aumento de crimes cibernéticos no país, internauta deve se precaver com mais de uma senha em diferentes páginas e bancos. 


A maioria dos governos da América Latina e do Caribe constatou um aumento de casos em 40% no último ano - registros de clonagem de cartões bancários e roubo de valores nas contas são cada vez mais comuns. 

Os hackers invadem contas de redes sociais e causam dor de cabeça aos usuários, por isso, especialistas recomendam sempre manter o antivírus do computador atualizado e desconfiar dos e-mails recebidos. Em entrevista ao repórter Thiago Uberreich, o diretor de inteligência da Polícia Civil do Rio Grande do Sul, Emerson Wendt, sugere o maior número possível de senhas.

Segundo o especialista em direito do consumidor, Artur Rollo, processos contra bancos são cada vez mais comuns. Ele recomenda cautela no uso de computadores em lan houses.

Link original: Jovem Pan, por Renata Gaspari

domingo, 9 de junho de 2013

O Facebook me estressa

Há alguns dias resolvi deletar meu Facebook. Sim, cometi o facebookicídio. Tinha mais de 2.700 "amigos". Aqueles que perceberam questionaram o motivo.

Fonte da imagem: Eating house
O motivo é um só: o Facebook estava me deixando estressado. Isso mesmo! Ficava estressado com a essa rede social. Aliás, fico estressado só de ver outras pessoas no Facebook.

É uma confissão? Sim! Não sei por que, mas considero perda de tempo ficar horas navegando por lá e não ver muita coisa de útil.

O que me deixou estressado? Muita futilidade; incomodações todas as horas, principalmente em momentos de descanso; postagens "sem conteúdo"; impertinências etc.

Estive lendo sobre "redes sociais" e "stress". A revista Galileu publicou uma matéria sobre o assunto, relatando uma pesquisa da Universidade Edinburgh Napier, que concluiu que o Facebook causa stress e ansiedade. Na mesma linha, a empresa Rebtel, conforme esta notícia. Outros reflexos também podem ocorrer, como problemas físicos (veja esta notícia de jovem italiano com sucessivos ataques de asma).

Mas o Facebook não é bom? Depende do ponto de vista: para encontrar pessoas e reencontra-las, sim! Para segurança pessoal, familiar e trabalho, em regra, não! A política de privacidade tende a usar todas as informações para fins próprios e tudo que postamos lá já não nos pertence.

Voltarei? Não sei. O que sei é que o Facebook guarda as minhas informações por seis meses. Por isso, ainda tenho tempo para pensar e, talvez, voltar. Assim, para quem quiser saber sobre as coisas, basta acompanhar por aqui e pelo Twitter: @EmersonWendt.

Riscos e cuidados necessários na internet

Deixo aqui, para registro, a minha participação no programa Tudo Mais da TV Com, falando sobre os riscos e cuidados na internet, com a apresentadora Sara Bodowsky.