Pular para o conteúdo principal

Como resolver problemas com postagens no WordPress

Boa parte dos blogueiros no Brasil ou usa Blogspot (Google) ou WordPress. As formas de tratar assuntos chatos (leia-se plágio, conteúdo ofensivo, criminoso etc.) no primeiro são gerenciados mais facilmente. Porém, quanto ao WordPress pouca gente sabe como resolver esses problemas. Este post tem o objetivo de ajudar os internautas que sofrem com abusos dos usuários da plataforma WordPress.com.

Para começar, importante referir que embora exista um Fórum de Suporte e Comunidade WordPress no Brasil e em Português, os contatos deverão ser feitos no formulário de contato disponibilizado pela WordPress.com. No entanto, este formulário é apenas para usuários "upgrade", ou seja, com pagamento para uso da plataforma. Para denunciar sites hospedados no WordPress há necessidade de preencher alguns formulários (http://pt.wordpress.com/complaints/), dependendo do contexto e do problema. Vejamos:

Mr. Toni Schneider
Email: dmca@automattic.com
Automattic, Inc.
60 29th Street #343
San Francisco, CA 94110
Phone: (877) 273-8550
Fax: (415) 840-0710
Quando se trata de cumprimento de ordens judiciais e requisições policiais, eis as recomendações:
  1. Cumprimento de ordens judiciais: As ordens judiciais oficiais e assinadas podem ser enviadas para court-orders@wordpress.com. Importante a leitura destes documentos (http://en.support.wordpress.com/court-orders/) para compreender melhor a política do WordPress.
  2. Respostas às forças de segurança: Se o contato é de um agente de uma entidade oficial de segurança (i.e. polícia ou afins), o contato é feito por e-mail law-enforcement@wordpress.com (em inglês).
Importante ler algumas observações antes de se desesperar:

- Verifique que o blog em questão (ofensivo) é alojado pela Automattic. O WordPress.com não tem nenhum controle sobre blogs que indicam ser “Powered by WordPress.org.” Esses blogs usam o software de código aberto WordPres e não são alojados pelo WordPress.com. Este, só aloja blogs que tem “wordpress.com” na sua URL ou que indicam explicitamente no rodapé “powered by WordPress.com” (em qualquer idioma).
- Contate o autor diretamente, para tentar resolver a situação. Visite o artigo/blog em questão e deixe um comentário com a sua queixa/reclamação para determinar a resolução diretamente entre "vítima" e "autor". O uso desse processo é importante porque todos os comentários publicados no WordPress.com são automaticamente enviados por e-mail ao administrador do blog.
- Não resolvido diretamente, pode ser enviada a "queixa" ao WordPress.com. A queixa deve ser em formato de texto simples, porém em inglês. Devem ser incluídos links específicos e citações do material ofensivo, caso contrário a reclamação será ignorada. Se o blog está escrito num idioma que não inglês, a sugestão do WordPress é de que haja uma tradução. Depois, é só enviar para o e-mail para abuse-report@wordpress.com.

Bom, espero estar ajudando. Forte abraço a todos!!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Facebook: endereço de envio de intimações e/ou ordens judiciais

Achei interessante atualizar (fev/2018) esse post de outubro de 2011, visando deixar a informação mais correta e atualizada em relação aos procedimentos no Facebook: Várias pessoas me perguntam(vam) sobre o endereço do Facebook, que anunciou, em 2011, abrir um escritório no Brasil. Todo o procedimento de tratamento está explicado no nosso livro, escrito com o Dr. Higor Jorge: Crimes Cibernéticos - Ameaças e Procedimentos de Investigação. Veja como adquirir o livro: Como adquirir os livros? O resultado da pesquisa do registro do domínio nos remete a um escritório de registro de propriedade intelectual, porém, o escritório para envio de ordens judiciais e/ou intimações, além de requerimentos, é o seguinte: FACEBOOK SERVICOS ONLINE DO BRASIL LTDA Rua Leopoldo Couto de Magalhães Júnior, 700, 5º Andar, Bairro Itaim Bibi, São Paulo-SP, CEP 04542-000 - Fonte:  Jucesp Online Não sabíamos como seria o tratamento das informações e respostas às solicitações das chamadas

Estamos entre os melhores Delegados de Polícia, segundo Censos de 2017, 2018 e 2019

No ano de 2017 já havíamos sido agraciados com a distinção e citação dentre os melhores Delegados de Polícia na Categoria Jurídica.  Em 2018 e 2019, segundo o Portal Nacional dos Delegados , fomos novamente escolhidos, dentre os Melhores Delegados de Polícia do Brasil, na Categoria Gestão. Assim, ficamos muito lisonjeados pelo reconhecimento nacional em termos de gestão , especialmente pelo trabalho frente ao Conselho Nacional de Chefes de Polícia Civil, o CONCPC, e, também, da atividade de inteligência. Vejam a lista completa dos agraciados de 2019, clicando aqui . Seguimos em frente. Deixamos a Chefia da Polícia Civil do RS, deixamos a área de inteligência, porém na vamos continuar nos dedicando à atividade de Segurança Pública.

Livro Direito & TI: Cibercrimes: debates contemporâneos sobre a ciberciminalidade

Em 2019 lançamos outro livro com destaque na área de Direito e Tecnologia da Informação. A obra Direito & TI: cibercrimes  contou com a participação de inúmeros autores do Brasil, México e Portugal. O release do livro: A cibersegurança é uma preocupação global, e as legislações têm muito a evoluir, pois a sociedade espera que o Direito resolva os problemas da Tecnologia da Informação, efetivando um controle sobre as condutas, quando essa perspectiva não é realista. O Direito tem a possibilidade de contingenciar os riscos do dia a dia de qualquer atividade, e, especialmente, o Direito Penal, deve ser a última razão de contingenciamento, estabelecendo a conduta e penas respectivas àquelas condutas que trazem danos aos dados ou a informação. Os autores: Emerson Wendt (organizador), Alberto Enrique Nava Garcés, Alesandro Gonçalves Barreto, Andrey Henrique Andreolla, David Augusto Fernandes, Diana Zanatta, Fernanda Brandt, Gabriel Araújo Souto, Iago de Pádua Grillo, Manuel David Massen