Pular para o conteúdo principal

Como recuperar senha do Hotmail/MSN?

Vários me perguntam sobre como recuperar a senha do MSN e/ou Hotmail, tanto é que resolvi pedir “ajuda aos universitários”, ou seja, a pessoas que trabalham na Microsoft.
O primeiro passo, é você tentar revisar os processos que levaram você a perder o acesso ao e-mail ou ao MSN (Windows Live Messenger). Revise a segurança de sua máquina, com atualização do sistema operacional, do antivírus e dos demais programas instalados.
Veja o artigo sobre o Secunia PSI (http://zapt.in/42o), que detecta as vulnerabilidades do seu computador com o sistema operacional Windows.
Primeiro, é bom tentar o processo normal do “Esqueci minha senha” e preencher os tópicos exigidos. Interessante que você se lembre da palavra secreta e ou do e-mail alternativo.
image
Após, sugiro tentar com esse formulario: https://support.live.com/eform.aspx?productKey=wlidvalidation&ct=eformcs&scrx=1. É em português e bem fácil de preencher. O formulário ajuda no processo de validação da conta, ou seja, os dados solicitados são usados para verificar a correspondência com aqueles dados que foram informados durante a criação/modificação da conta pelo usuário verdadeiro. Além de dados como data de nascimento, país, CEP, resposta à pergunta secreta, dentre outros, está o IP que você utiliza para navegação na web. O próprio formulário orienta o usuário como encontrar a informação. Eu sugiro acesso ao site www.meuip.com.br.
Quanto mais dados informar ao “support” melhor, inclusive com o preenchimento das perguntas sobre as quais não há exigência obrigatória (no Windows Live Hotmail: nomes das pastas do hotmail, nome dos contatos, assunto de qualquer e-mail antigo que esteja na caixa postal; no Windows Live Messenger: nomes dos contatos no messenger, nome de usuário/apelido; no XBox ou Hotmail Plus, os últimos dígitos do cartão de crédito e assim por diante).
Essa página a seguir também tem possíveis soluções ... e, igualmente, é em português: http://windowslivehelp.com, havendo possibilidade de leitura de vários fóruns a respeito, onde o leitor pode encontrar solução para o seu problema.
Uma última sugestão, após o fracasso das tentativas anteriores, seria escrever para abuse@hotmail.com, mas isso deve ter um tempo de resposta mais demorado.
No mais, sugiro a leitura deste post sobre “segurança geral” disponibilizado pela Microsoft –  http://windowslivehelp.com/solution.aspx?solutionid=91b88c76-30ec-4879-9c72-0dd425a5b5f3 – e que dá orientações sobre a “pergunta secreta”, senhas complexas ou fortes, dentre outras recomendações de segurança importantes ao internauta.
Bom lembrar que esse é o procedimento administrativo junto à empresa. Caso de a subtração da senha tenha gerado algum inconveniente criminal, ou seja, alguma ofensa, ameaça, falsidade ideológica etc., em suma, um crime qualquer, a recomendação é procurar a Delegacia de Polícia mais próxima e registrar a ocorrência policial, tal como sugeri neste post:
Crimes virtuais: como proceder??
Ficou com alguma dúvida? Possui alguma sugestão? Então, comente!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Facebook: endereço de envio de intimações e/ou ordens judiciais

Achei interessante atualizar (fev/2018) esse post de outubro de 2011, visando deixar a informação mais correta e atualizada em relação aos procedimentos no Facebook: Várias pessoas me perguntam(vam) sobre o endereço do Facebook, que anunciou, em 2011, abrir um escritório no Brasil. Todo o procedimento de tratamento está explicado no nosso livro, escrito com o Dr. Higor Jorge: Crimes Cibernéticos - Ameaças e Procedimentos de Investigação. Veja como adquirir o livro: Como adquirir os livros? O resultado da pesquisa do registro do domínio nos remete a um escritório de registro de propriedade intelectual, porém, o escritório para envio de ordens judiciais e/ou intimações, além de requerimentos, é o seguinte: FACEBOOK SERVICOS ONLINE DO BRASIL LTDA Rua Leopoldo Couto de Magalhães Júnior, 700, 5º Andar, Bairro Itaim Bibi, São Paulo-SP, CEP 04542-000 - Fonte:  Jucesp Online Não sabíamos como seria o tratamento das informações e respostas às solicitações das chamadas

Estamos entre os melhores Delegados de Polícia, segundo Censos de 2017, 2018 e 2019

No ano de 2017 já havíamos sido agraciados com a distinção e citação dentre os melhores Delegados de Polícia na Categoria Jurídica.  Em 2018 e 2019, segundo o Portal Nacional dos Delegados , fomos novamente escolhidos, dentre os Melhores Delegados de Polícia do Brasil, na Categoria Gestão. Assim, ficamos muito lisonjeados pelo reconhecimento nacional em termos de gestão , especialmente pelo trabalho frente ao Conselho Nacional de Chefes de Polícia Civil, o CONCPC, e, também, da atividade de inteligência. Vejam a lista completa dos agraciados de 2019, clicando aqui . Seguimos em frente. Deixamos a Chefia da Polícia Civil do RS, deixamos a área de inteligência, porém na vamos continuar nos dedicando à atividade de Segurança Pública.

Tecnologia da Informação & Direito: um livro para o profissional de TIC

Após um longo período do projeto, iniciado lá em 2014 e interrompido em 2015, finalmente (não é em tom de reclamação, mas motivado pela falta de tempo!), lancamos em 2018 o livro: Tecnologia da Informação & Direito. O livro é fruto de uma parceria com a Profª Drª Ângela Kretschmann e visa a trazer aos neófitos nos estudos da interação entre as novas tecnologias e a percepção/recepção pelo Direito, especialmente no brasileiro. Um pouco sobre o livro: Existe um diálogo muito produtivo entre os profissionais da área jurídica e os da tecnológica, que promove contínuo aperfeiçoamento dos dois campos. Nesse sentido, o livro aborda uma noção geral que envolve o estudo do Direito e da Tecnologia, os principais pontos polêmicos que instigam a análise jurídica e o desenvolvimento do Direito para a solução de conflitos típicos da era digital. O enfoque é dado, em especial, após um apanhado geral do Direito, às áreas do direito do consumidor, direito à imagem, delitos cibernéti