Pular para o conteúdo principal

Órgãos especializados em combate aos crimes virtuais: Presente e Futuro (esperança!)

Aceitando as sugestões dos twitteiros @jeanleonino e @CaioLausi, o último post de 2009 tem a ver com o que já existe de combate aos #crimesvirtuais no Brasil, lógico que dentro das Polícias Civis, e que esperamos (#esperança) que melhore neste aspecto do combate aos crimes de alta tecnologia e praticados via rede mundial de computadores.

O importante é começar pela casa, o Rio Grande do Sul: já está criada, por Decreto do Governo do Estado, a Delegacia de Repressão aos Crimes Informáticos (DRCI) junto ao DEIC (Departamento Estadual de Investigações Criminais) e a instalação está programada para os três primeiros meses de 2010 (#esperança).
Também, foi inaugurada, recentemente a Delegacia Online, onde os usuários de todos RS podem efetivar registros de ocorrência: https://www.delegaciaonline.rs.gov.br/dolpublico/index.jsp. Os usuários do TT podem adicionar a @delegaciaonline e acompanhar as notícias da Polícia Civil do RS. É importante ressaltar que 580 agentes e delegados foram treinados entre 2008 e 2009 e as Delegacias de Polícia do RS estão aptas a receber e registrar ocorrências relacionadas ao assunto.

Agora, os demais Estados:
- Santa Catarina: não possui delegacia específica, mas possui possibilidade de registro virtual de ocorrências, com orientações (http://www.policiacivil.sc.gov.br/beta/Default.asp?ver=delegaciaeletronica) e local para registro (http://sistemas.sc.gov.br/bocidadao/), inclusive para denúncias, anônimas ou não, perda de documentos etc.

- Paraná: existe na Polícia Civil do PR o NURCE (Núcleo de Repressão aos Crimes Eletrônicos), com localização (basta pesquisar por "NURCE") em três cidades: Cascavel, Maringá e, logicamente, Curitiba.

- São Paulo: existe, além da Delegacia Eletrônica para registro de ocorrências,a 4ª Delegacia de Delitos Cometidos por Meios Eletrônicos DIG/DEIC, localizada na Avenida Zack Narchi,152 - Carandiru, São Paulo/SP (CEP: 02029-000), telefone: (0xx11) 2221-7030 e e-mail 4dp.dig.deic@policiacivil.sp.gov;

- Rio de Janeiro: possui a Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática (DRCI), com endereço na Rua Professor Clementino Fraga, nº 77, Cidade Nova (prédio da 6ª DP), Rio de Janeiro/RJ (CEP: 20230-250), telefones (0xx21) 2332-8192, 2332-8188 e 23328191 e e-mails drci@policiacivil.rj.gov.br / drci@pcerj.rj.gov.br. Titular é a Dra. Helen Sardenberg.

- Espírito Santo: Núcleo de Repressão a Crimes Eletrônicos (NURECCEL), com endereço na Av. Nossa Senhora da Penha, 2290, Bairro Santa Luiza, Vitória/ES (CEP: 29045-403), telefone (0xx27) 3137-2607 e e-mail nureccel@pc.es.gov.br;

- Distrito Federal: Divisão de Repressão aos Crimes de Alta Tecnologia (DICAT), com endereço na SIA TRECHO 2, LOTE 2.010, 1º ANDAR, BRASÍLIA-DF (CEP: 71200-020), telefone (0xx61) 3462-9533 e e-mail dicat@pcdf.df.gov.br. A DICAT é uma Divisão especializada em crimes tecnológicos que tem como atribuição assessorar as demais unidades da Polícia Civil do Distrito Federal, não atendendo diretamente ao público, por isso a vítima de crime cibernético no Distrito Federal pode procurar qualquer uma das Delegacias de Polícia (as não especializadas) para efetuar registro da ocorrência.

- Goiás: embora no site do Safernet tenha menção, o setor dentro da DEIC não está ativo, funcionando mais diretamente dentro da Gerência de Inteligência da Polícia Civil, mais precisamente no Setor de Análise (0xx62) 3201-6352 e 6357). Recentemente fiz um treinamento com o pessoal de lá, com 23 alunos entre alunos e delegados. Portanto, caso o registro seja feito nas Delegacias certamente elas procurarão orientação com a área de inteligência sobre como proceder nas investigações.

- Mato Grosso do Sul: possui uma Delegacia Virtual, para registro de ocorrências. Não encontrei informações de alguma delegacia ou núcleo específico, porém dois policiais (um agente e um delegado) fizeram o curso na Acadepol RS em 2008. Além disso, conforme publicação aqui há um policial de lá especialista no assunto (Michel Weiler Neves). Obs.: vou procurar mais informações;

- Mato Grosso: possui uma Delegacia Virtual, para registro de ocorrências. Não encontrei informações de alguma delegacia ou núcleo específico, porém dois profissionais (uma delegada e um perito) realizaram o curso na Acadepol em 2008. Obs.: vou procurar mais informações;

- Rondônia: não possui um órgão específico, mas formou duas turmas de alunos, entre agentes e delegados, em Agosto/Setembro de 2009, habilitando profissionais de várias delegacias. Possui uma Delegacia Interativa, para registro de ocorrências online;

- Minas Gerais: DEICC – Delegacia Especializada de Investigações de Crimes Cibernéticos, com endereço na Av. Nossa Senhora de Fátima, 2855 – Bairro Carlos Prates – CEP: 30.710-020, Telefone (31) 3212-3002, com titularidade dos Delegados Dr. Bruno Tasca Cabral e Dr. Pedro Paulo Uchoa Fonseca Marques;

- Bahia: possui uma Delegacia Digital, para registro de ocorrências. Não encontrei nada sobre algum setor que trate especificamente dos #crimesvirtuais;

- Pernambuco: possui uma Delegacia Interativa, para registros de ocorrências online;.Foi onde realizei, em 2005, o primeiro curso sobre o assunto, juntamente com policiais de todo Brasil. Vou buscar mais informações sobre algum órgão específico que trate dos #crimesvirtuais;

- Ceará: possui a possibilidade de registro online de ocorrências pela Delegacia Eletrônica, mas dentre as Delegacias Especializadas não está uma específica para os #crimesvirtuais;

- Paraíba: >possui a possibilidade de registro online de ocorrências pela Delegacia Online, mas não possui um órgão específico para os #crimesvirtuais (uptade em 04/01/2010, por sugestão da Dra. Iumara Bezerra Gomes, clique e veja o blog dela);

Demais Estados: prometo que vou ampliar as informações, através de uptades deste post. Conto com as contribuições de todos, inclusive para correções sobre os itens colocados acima.

O interessante é que cada vez mais as Polícias Civis estão buscando a especialização sobre o assunto. E a #esperança é de que possamos chegar no período da Copa 2014 com delegacias específicas em cada Estado brasileiro.

Comentários

Jandira Feijó disse…
Oi Emerson, adorei seu blog e sua iniciativa também, pois além de ser um "baita" serviço de utilidade pública, tua ação ajuda a fortalecer a imagem da corporação que fazes parte. Por isso fiquei contente com teu comentário em meu blog e a recomendação do meu post em teu blog. Olha só que bacana: acabo de receber uma lista de blogs indicados pelo FerramentasBlog.com e o teu aparece. Parabéns, abraços, Jandira

15 melhores Blogs que recomendo para 2010 [ FerramentasBlog.com

Emerson Wendt - http://www.emersonwendt.com.br/

Esse é um blog novo também, mas entra nessa lista para mostrar como profissionais sérios podem e devem ter blogs pessoais e prestar um ótimo serviço. o Emerson (@emersonwendt) é Delegado de Polícia Civil do Estado do Rio Grande do Sul desde 1998, especialista em crimes virtuais. Seu blog é simples e objetivo, mas o que mais merece destaque é sua cordialidade e a prova de que existem homens honestos e trabalhadores nesse país, dispostos a trabalhar para a sociedade. recomendo seguir no twitter para aprender mais sobre segurança na internet.
Caro Emerson...

Atualize na sua listagem quanto a Delegacia de Crimes Cibernéticos de Minas Gerais...

DEICC – Delegacia Especializada de Investigações de Crimes Cibernéticos
Av. Nossa Senhora de Fátima, 2855 – Bairro Carlos Prates – CEP: 30.710-020
Telefone : 3212-3002
Delegados
Dr. Bruno Tasca Cabral
Dr. Pedro Paulo Uchoa Fonseca Marques

Parabens pelo Blog.

Sucesso...

Juliano Travassos
Agente de Polícia - DEICC/MG
Analista e Desenvolvedor de Sistemas
emersonwendt disse…
Obrigado Juliano,

Estou preparando um update ao post, com todos os Estados.

Abração.
Rafael Corrêa disse…
Olá Emerson, estou achando o seu blog bem bacana, parabéns.

A fim de atualizar as informações, aqui em Vitória - ES temos realmente o NURECCEL (Núcleo de Repressão Contra Crimes Eletrônicos), mas que rebatizamos informalmente de NURECEL (Núcleo de Repressão aos Crimes Eletrônicos), tendo em vista que o "nome de batismo" nos traz uma expressão, no mínimo, estranha: "repressão contra". Estamos também no Twitter @nurecel.

Ele foi criado no ano de 2000 e desde então a quantidade de ocorrências registradas vem aumentando bastante. Fechamos 2009 com cerca de 480 ocorrências e quatro prisões em flagrante.

Temos aqui também a Delegacia Online, funcionando desde o ano de 2006, com uma média de 2.700 ocorrências por mês, sendo registrados somente casos de crimes contra o patrimônio ocorridos no ES.

Abração

Rafael da Rocha Corrêa
Delegado de Polícia - PC/ES
Caro Emerson...

Favor modificar o número do DDD da DEICC/MG

Número correto seria (31)3212-3002

Obrigado!

Abraços...
Flávia Eloá disse…
Tenho quase certeza que meu ex namorado esta *hackeando* nao sei se e a palavra certa, o meu computador, eu queria saber o que eu devo fazer ou como posso descobrir se ele realmente esta fazendo isso... nao aguento mais.
Unknown disse…
GOSTARIA DE AGRADECER O APOIO DA POLICIA FEDERAL E DO DEIC SÃO PAULO, PELA ATUAÇÃO NO COMBATE AO CRIME VIRTUAL..

GARTA

sonia solange da silveira]
ssolsevilha poetisa do cerrado

Postagens mais visitadas deste blog

Facebook: endereço de envio de intimações e/ou ordens judiciais

Achei interessante atualizar (fev/2018) esse post de outubro de 2011, visando deixar a informação mais correta e atualizada em relação aos procedimentos no Facebook:
Várias pessoas me perguntam(vam) sobre o endereço do Facebook, que anunciou, em 2011, abrir um escritório no Brasil.
Todo o procedimento de tratamento está explicado no nosso livro, escrito com o Dr. Higor Jorge: Crimes Cibernéticos - Ameaças e Procedimentos de Investigação. Veja como adquirir o livro: Como adquirir os livros? O resultado da pesquisa do registro do domínio nos remete a um escritório de registro de propriedade intelectual, porém, o escritório para envio de ordens judiciais e/ou intimações, além de requerimentos, é o seguinte: FACEBOOK SERVICOS ONLINE DO BRASIL LTDARua Leopoldo Couto de Magalhães Júnior, 700, 5º Andar, Bairro Itaim Bibi, São Paulo-SP, CEP 04542-000
- Fonte: Jucesp Online Não sabíamos como seria o tratamento das informações e respostas às solicitações das chamadas forças da lei (law enforcemen…

Recomendações a pais, professores e escolas quanto às ameaças de atentado

Pós fato Suzano/SP, o alvoroço nas mídias sociais foi muito grande. Em alguns Estados mais do que outros. Muita trollagen para gerar pânico. Sendo assim, é importante algumas precauções por parte dos colégios/escolas:

Existência de meios físicos de contenção e controle:

- catraca/controle eletrônico de acesso
- controle de entrada e saída de visitantes, com registros de dados
- videomonitoramento, com gravação por pelo menos 10 dias. Ideal é 30 dias

Mecanismos preventivos:

- formatar equipe (interna ou mista interna/externa) de avaliação de ameaças;
- definir comportamentos por ordem de risco e necessidade de contingenciamento;
- definir condutas que demandam intervenção imediata (por exemplo, porte de arma, postagem em redes sociais);
- criar e gerir um sistema anônimo que permita reportar informações com condutas de risco (e-mail, telefone etc.);
- promover ambiente alicerçado em uma cultura de segurança, respeito, confiança e apoio emocional;
- incentivar alunos a compartilhar suas …

Estamos entre os melhores Delegados de Polícia, segundo Censos de 2017, 2018 e 2019

No ano de 2017 já havíamos sido agraciados com a distinção e citação dentre os melhores Delegados de Polícia na Categoria Jurídica. 


Em 2018 e 2019, segundo o Portal Nacional dos Delegados, fomos novamente escolhidos, dentre os Melhores Delegados de Polícia do Brasil, na Categoria Gestão.


Assim, ficamos muito lisonjeados pelo reconhecimento nacional em termos de gestão, especialmente pelo trabalho frente ao Conselho Nacional de Chefes de Polícia Civil, o CONCPC, e, também, da atividade de inteligência. Vejam a lista completa dos agraciados de 2019, clicando aqui.

Seguimos em frente. Deixamos a Chefia da Polícia Civil do RS, deixamos a área de inteligência, porém na vamos continuar nos dedicando à atividade de Segurança Pública.