Pular para o conteúdo principal

Notícias - interessantes x preocupantes – relacionadas à segurança na web

Estas primeiras semanas de janeiro trouxeram várias notícias. Algumas #interessantes e outras #preocupantes. Claro que me refiro às questões de internet e segurança, pois se assim não fosse não teria como deixar de referir as tragédias que aconteceram no Brasil e Haiti (principalmente).

Aliás, uma das notícias preocupantes é justamente em relação ao Haiti. Os “engenheiros sociais virtuais”, aproveitando-se da tragédia e efeito saliência do terremoto no Haiti, resolveram explorá-la e enviar e-mails fraudulentos, fato que gerou inclusive um alerta do FBI. O fato foi divulgado por diversas agências de notícia, porém selecionei a notícia do IDG Now! (Obs.: só pelo IDG Now! teve 121 retweets).

A próxima notícia selecionada é relativa à utilização de vírus antigos em smartphones - telefones celulares com recursos avançados -. Esses vírus estão sendo usados para conectar os telefones a linhas com tarifa mais alta – chamados diallers -, deixando as vítimas com uma enorme conta para pagar. Veja notícia completa no Terra Tecnologia. A circunstância também é preocupante.

Mais uma, também preocupante: o britânico pedófilo que geria sites para crianças. Ele já tinha sido condenado pela Justiça britânica e trabalhou como administrador de um dos principais sites de educação do país, após mudar de nome. Isso confirma que eles estão entre nós e temos que ficar espertos! Veja a notícia completa do G1 aqui.

A última preocupante (prometo!) diz respeito à exploração de vulnerabilidade vinculada ao Internet Explorer (IE) para vários ataques, inclusive na China nesta última semana. O alerta foi dado pela McAfee Labs. Veja notícia completa aqui, aqui e aqui.

Será que não existem notícias interessantes nessa área? Claro que sim! E, por isso, separei pelo menos duas:

#interessante 1: As redes sociais e jogos online em pleno vapor e dispostas a auxiliar as questões no Haiti.

O Twitter, durante a semana, foi bastante importante com seus twetts solidários. A empresa criou o canal #relativesinhaiti que foi inundado de mensagens de parentes no exterior tentando descobrir informações sobre desaparecidos no Haiti, enquanto o canal "#rescumehaiti" está sendo usado pelos que participam diretamente das operações de resgate.

Já a Zynga anunciou o lançamento de itens especiais em seus três populares aplicativos no Facebook: FarmVille, Mafia Wars e Zynga Poker Facebook (veja notícia completa pelo Braintorm9 aqui).

Os celulares também foram importantes para o auxílio financeiro ao Haiti, pois segundo o divulgado pelo Jornal Tecnologia mais de 10 milhões de dólares foram coletados através dos fones móveis.

#interessante 2: em termos de segurança em redes sociais, a melhor informação veiculada foi a da parceria entre Facebook e McAfee. O acordo foi celebrado e divulgado pelo Facebook (em inglês), tendo como finalidade dar proteção aos usuários da rede social por um período de 6 meses, após o qual o antivírus será pago, com um custo menor (é a promessa!). Você pode ler sobre o assunto aqui (Terra Tecnologia), aqui (O Globo) e aqui (Oficina da Net).

#interessante + preocupante: o fato de hackers terem invadido um sistema que controla um cartaz eletrônico na Russia e rodarem um filme pornô. Veja mais aqui.

Bom, essas foram as notícias, relacionadas à segurança na web, que separei. Infelizmente existem mais notícias preocupantes do que interessantes. Se você tiver alguma para indicar, deixe seu comentário.
Ps.: os links dos termos #interessantes, #preocupantes e efeito saliência dizem diretamente com o Twitter.

Comentários

Tony Fontoura disse…
Os ataques provenientes da Rússia e China (principalmente) são tão frequentes q estamos pensando seriamente em bloquear TODOS os acessos a partir desses países :(

Postagens mais visitadas deste blog

Facebook: endereço de envio de intimações e/ou ordens judiciais

Achei interessante atualizar (fev/2018) esse post de outubro de 2011, visando deixar a informação mais correta e atualizada em relação aos procedimentos no Facebook: Várias pessoas me perguntam(vam) sobre o endereço do Facebook, que anunciou, em 2011, abrir um escritório no Brasil. Todo o procedimento de tratamento está explicado no nosso livro, escrito com o Dr. Higor Jorge: Crimes Cibernéticos - Ameaças e Procedimentos de Investigação. Veja como adquirir o livro: Como adquirir os livros? O resultado da pesquisa do registro do domínio nos remete a um escritório de registro de propriedade intelectual, porém, o escritório para envio de ordens judiciais e/ou intimações, além de requerimentos, é o seguinte: FACEBOOK SERVICOS ONLINE DO BRASIL LTDA Rua Leopoldo Couto de Magalhães Júnior, 700, 5º Andar, Bairro Itaim Bibi, São Paulo-SP, CEP 04542-000 - Fonte:  Jucesp Online Não sabíamos como seria o tratamento das informações e respostas às solicitações das chamadas

Estamos entre os melhores Delegados de Polícia, segundo Censos de 2017, 2018 e 2019

No ano de 2017 já havíamos sido agraciados com a distinção e citação dentre os melhores Delegados de Polícia na Categoria Jurídica.  Em 2018 e 2019, segundo o Portal Nacional dos Delegados , fomos novamente escolhidos, dentre os Melhores Delegados de Polícia do Brasil, na Categoria Gestão. Assim, ficamos muito lisonjeados pelo reconhecimento nacional em termos de gestão , especialmente pelo trabalho frente ao Conselho Nacional de Chefes de Polícia Civil, o CONCPC, e, também, da atividade de inteligência. Vejam a lista completa dos agraciados de 2019, clicando aqui . Seguimos em frente. Deixamos a Chefia da Polícia Civil do RS, deixamos a área de inteligência, porém na vamos continuar nos dedicando à atividade de Segurança Pública.

Tecnologia da Informação & Direito: um livro para o profissional de TIC

Após um longo período do projeto, iniciado lá em 2014 e interrompido em 2015, finalmente (não é em tom de reclamação, mas motivado pela falta de tempo!), lancamos em 2018 o livro: Tecnologia da Informação & Direito. O livro é fruto de uma parceria com a Profª Drª Ângela Kretschmann e visa a trazer aos neófitos nos estudos da interação entre as novas tecnologias e a percepção/recepção pelo Direito, especialmente no brasileiro. Um pouco sobre o livro: Existe um diálogo muito produtivo entre os profissionais da área jurídica e os da tecnológica, que promove contínuo aperfeiçoamento dos dois campos. Nesse sentido, o livro aborda uma noção geral que envolve o estudo do Direito e da Tecnologia, os principais pontos polêmicos que instigam a análise jurídica e o desenvolvimento do Direito para a solução de conflitos típicos da era digital. O enfoque é dado, em especial, após um apanhado geral do Direito, às áreas do direito do consumidor, direito à imagem, delitos cibernéti