Pular para o conteúdo principal

Palestra: Os crimes virtuais mais praticados no Brasil

Repasso aqui informações de minha participação, como palestrante, em Jornada Jurídica da Faculdade Anhanguera em Rio Grande, RS, conforme divulgação do Jornal Agora daquela cidade:

A Faculdade Anhanguera do Rio Grande, junto com o Diretório Acadêmico Mahatma Gandhi, realiza a partir desta terça, 18, a 7ª Jornada Jurídica. O encontro, que trará diversos profissionais especialistas da área para debater temas polêmicos da atualidade, será realizado nos dias 18 e 19 de setembro, às 19h30min, no auditório do Instituto de Educação Juvenal Miller.

Nesta terça, 18, o evento terá como tema “Os crimes virtuais mais praticados no Brasil”. O assunto será apresentado e discutido pelo analista de sistemas e líder da equipe de edição digital do Jornal Agora, Thiago Fortunato, pelo promotor de justiça, José Alexandre Zachia Alan, e pelo delegado da Polícia Civil do Rio Grande do Sul, Emerson Wendt

Já no segundo dia (19/09), o tema abordado será “Adoção por casais homoafetivos”, e contará com a apresentação do fundador da Associação LGBT de Rio Grande, Luciano Lobato, da advogada e membro do Instituto Brasileiro de Direito de Família (IBDFAN), Francine Dias Diaz, e do juiz da 1ª Vara Criminal de Rio Grande e diretor do Foro, Ricardo Arteche.

“Os crimes virtuais são delitos cada vez mais comuns nos dias de hoje, e a adoção por casais homoafetivos ainda é um tema que gera muita polêmica, são dois assuntos complexos que fazem parte do dia a dia jurídico, e por isso queremos levá-los para discussão”, explica o professor Paulo Sérgio Mansija, coordenador do curso de Direito da Anhanguera do Rio Grande.

No final do encontro, todos os participantes que obtiverem 75% de presença, terão direito a emissão de certificado. As inscrições custam R$ 15, e os interessados devem procurar o Núcleo de Prática Jurídica da Anhanguera, localizado na Av. Rheingantz, 91.

Fonte: http://www.jornalagora.com.br/site/content/noticias/print.php?id=33634.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Facebook: endereço de envio de intimações e/ou ordens judiciais

Achei interessante atualizar (fev/2018) esse post de outubro de 2011, visando deixar a informação mais correta e atualizada em relação aos procedimentos no Facebook:
Várias pessoas me perguntam(vam) sobre o endereço do Facebook, que anunciou, em 2011, abrir um escritório no Brasil.
Todo o procedimento de tratamento está explicado no nosso livro, escrito com o Dr. Higor Jorge: Crimes Cibernéticos - Ameaças e Procedimentos de Investigação. Veja como adquirir o livro: Como adquirir os livros? O resultado da pesquisa do registro do domínio nos remete a um escritório de registro de propriedade intelectual, porém, o escritório para envio de ordens judiciais e/ou intimações, além de requerimentos, é o seguinte: FACEBOOK SERVICOS ONLINE DO BRASIL LTDARua Leopoldo Couto de Magalhães Júnior, 700, 5º Andar, Bairro Itaim Bibi, São Paulo-SP, CEP 04542-000
- Fonte: Jucesp Online Não sabíamos como seria o tratamento das informações e respostas às solicitações das chamadas forças da lei (law enforcemen…

Recomendações a pais, professores e escolas quanto às ameaças de atentado

Pós fato Suzano/SP, o alvoroço nas mídias sociais foi muito grande. Em alguns Estados mais do que outros. Muita trollagen para gerar pânico. Sendo assim, é importante algumas precauções por parte dos colégios/escolas:

Existência de meios físicos de contenção e controle:

- catraca/controle eletrônico de acesso
- controle de entrada e saída de visitantes, com registros de dados
- videomonitoramento, com gravação por pelo menos 10 dias. Ideal é 30 dias

Mecanismos preventivos:

- formatar equipe (interna ou mista interna/externa) de avaliação de ameaças;
- definir comportamentos por ordem de risco e necessidade de contingenciamento;
- definir condutas que demandam intervenção imediata (por exemplo, porte de arma, postagem em redes sociais);
- criar e gerir um sistema anônimo que permita reportar informações com condutas de risco (e-mail, telefone etc.);
- promover ambiente alicerçado em uma cultura de segurança, respeito, confiança e apoio emocional;
- incentivar alunos a compartilhar suas …

Estamos entre os melhores Delegados de Polícia, segundo Censos de 2017, 2018 e 2019

No ano de 2017 já havíamos sido agraciados com a distinção e citação dentre os melhores Delegados de Polícia na Categoria Jurídica. 


Em 2018 e 2019, segundo o Portal Nacional dos Delegados, fomos novamente escolhidos, dentre os Melhores Delegados de Polícia do Brasil, na Categoria Gestão.


Assim, ficamos muito lisonjeados pelo reconhecimento nacional em termos de gestão, especialmente pelo trabalho frente ao Conselho Nacional de Chefes de Polícia Civil, o CONCPC, e, também, da atividade de inteligência. Vejam a lista completa dos agraciados de 2019, clicando aqui.

Seguimos em frente. Deixamos a Chefia da Polícia Civil do RS, deixamos a área de inteligência, porém na vamos continuar nos dedicando à atividade de Segurança Pública.