Pular para o conteúdo principal

Verificando os logs de acesso ao GMail

O Marcos Konzen, Analista de Sistemas e Mestrando em Engenharia da Produção - UFSM, com a linha de pesquisa, em Gestão da Segurança da Informação, que me acompanha pelo Google Buzz, postou um comentário sobre os logs de acesso ao GMail e o provoquei para escrever algo a ser publicado aqui. Reproduzo, por isso, o conteúdo do e-mail enviado por ele:

Caro Emerson, sempre acompanho seus posts e suas dicas, e aqui envio uma pequena contribuição de como verificar o log de acesso ao Gmail e verificar possíveis acessos indevidos na conta.
Ao acessar o meu Gmail dias atrás recebi um alerta do próprio Gmail informando que minha conta havia sido acessada por um IP dos EUA, e indicava que eu trocasse a minha senha o quanto antes. Uma opção apareceu para que eu verificasse o registro dos IPs que acessaram minha conta ultimamente e constava lá os IPs da minha casa e do trabalho e mais um IP totalmente estranho que era de um domínio nos EUA. 

Este recurso interessante do Gmail pode ser verificado
 lá no final da página, abaixo da frase onde diz "Você está usando... no momento." tem a seguinte opção: "Última atividade da conta: x hora atrás neste computador. Detalhes". É só clicar em detalhes que abrirá uma janela com um "log" com os IPs utilizados nos últimos acessos que a sua conta teve, e assim verificar algum acesso indevido na sua conta.

Caso perceber uma linha na lista de acessos destacada em vermelho, pode ser um acesso indevido na sua conta, e logo acima você terá uma opção para alterar a sua senha.

Outra opção é clicar no botão "Sair de todas as sessões" e encerrar todas conexões que poderiam estar abertas de sua conta.

Abaixo da lista de IPs utilizados no acesso pode-se habilitar ou desabilitar os alertas de acesso da conta do Gmail.

Mais dicas podem ser obtidas no link: 
http://mail.google.com/support/bin/answer.py?hl=br&answer=45938.

Abaixo, um exemplo da minha tela de log de acessos a minha conta:



Bom, resta-me agradecer à contribuição do Marcos Konzen e .... fica a dica!! Abraço a todos!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Facebook: endereço de envio de intimações e/ou ordens judiciais

Achei interessante atualizar (fev/2018) esse post de outubro de 2011, visando deixar a informação mais correta e atualizada em relação aos procedimentos no Facebook: Várias pessoas me perguntam(vam) sobre o endereço do Facebook, que anunciou, em 2011, abrir um escritório no Brasil. Todo o procedimento de tratamento está explicado no nosso livro, escrito com o Dr. Higor Jorge: Crimes Cibernéticos - Ameaças e Procedimentos de Investigação. Veja como adquirir o livro: Como adquirir os livros? O resultado da pesquisa do registro do domínio nos remete a um escritório de registro de propriedade intelectual, porém, o escritório para envio de ordens judiciais e/ou intimações, além de requerimentos, é o seguinte: FACEBOOK SERVICOS ONLINE DO BRASIL LTDA Rua Leopoldo Couto de Magalhães Júnior, 700, 5º Andar, Bairro Itaim Bibi, São Paulo-SP, CEP 04542-000 - Fonte:  Jucesp Online Não sabíamos como seria o tratamento das informações e respostas às solicitações das chamadas

Estamos entre os melhores Delegados de Polícia, segundo Censos de 2017, 2018 e 2019

No ano de 2017 já havíamos sido agraciados com a distinção e citação dentre os melhores Delegados de Polícia na Categoria Jurídica.  Em 2018 e 2019, segundo o Portal Nacional dos Delegados , fomos novamente escolhidos, dentre os Melhores Delegados de Polícia do Brasil, na Categoria Gestão. Assim, ficamos muito lisonjeados pelo reconhecimento nacional em termos de gestão , especialmente pelo trabalho frente ao Conselho Nacional de Chefes de Polícia Civil, o CONCPC, e, também, da atividade de inteligência. Vejam a lista completa dos agraciados de 2019, clicando aqui . Seguimos em frente. Deixamos a Chefia da Polícia Civil do RS, deixamos a área de inteligência, porém na vamos continuar nos dedicando à atividade de Segurança Pública.

Tecnologia da Informação & Direito: um livro para o profissional de TIC

Após um longo período do projeto, iniciado lá em 2014 e interrompido em 2015, finalmente (não é em tom de reclamação, mas motivado pela falta de tempo!), lancamos em 2018 o livro: Tecnologia da Informação & Direito. O livro é fruto de uma parceria com a Profª Drª Ângela Kretschmann e visa a trazer aos neófitos nos estudos da interação entre as novas tecnologias e a percepção/recepção pelo Direito, especialmente no brasileiro. Um pouco sobre o livro: Existe um diálogo muito produtivo entre os profissionais da área jurídica e os da tecnológica, que promove contínuo aperfeiçoamento dos dois campos. Nesse sentido, o livro aborda uma noção geral que envolve o estudo do Direito e da Tecnologia, os principais pontos polêmicos que instigam a análise jurídica e o desenvolvimento do Direito para a solução de conflitos típicos da era digital. O enfoque é dado, em especial, após um apanhado geral do Direito, às áreas do direito do consumidor, direito à imagem, delitos cibernéti