domingo, 12 de setembro de 2010

Leitura recomendada: Crimes virtuais atingem 19 pessoas por dia no Distrito Federal

A internet tornou-se um instrumento prático para pessoas que não têm tempo para executar tarefas simples do dia a dia, como ir ao banco pagar contas, fazer compras no supermercado e marcar uma consulta no hospital. Tudo isso pode ser feito em poucos minutos, sem sair de casa, por meio de um clique. No entanto, por trás de todas essas facilidades, existem riscos. De acordo com dados da Unidade de Repressão a Crimes Cibernéticos da Polícia Federal, de janeiro a agosto deste ano, 4,6 mil pessoas foram vítimas de fraudes eletrônicas no Distrito Federal, uma média de 19 casos por dia. No ano passado, foram registradas 5,4 mil ocorrências dessa natureza, ou uma média diária de 15 ocorrências. O crescimento do número de vítimas chega a 26%.

Leia mais sobre o assunto no texto de Saulo Araújo para o Correio Braziliense, clicando aqui.

Aliás, a participação do Dr. Sílvio Cerqueira, da DICAT - Divisão de Repressão de Crimes de Alta Tecnologia - da Polícia Civil do DF, revela o que se passa junto à Delegacia de Repressão aos Crimes Informáticos (DRCI-DEIC-RS). Porém, como estamos no início do trabalho, não temos a compreensão total dos dados estatísticos no Rio Grande do Sul, o que deve ser conseguido após o primeiro ano de trabalho.

Nenhum comentário: