sábado, 27 de março de 2010

Leitura recomendada: vigilância eletrônica, meio ambiente, vírus em celular e anúncios, ciberataques, estrutura dos cibercrimes e cibersegurança

Eis as leituras recomendadas desta semana:

G1 Tecnologia: Empresa pode vigiar tudo que funcionário faz no computador do trabalho

As empresas têm o direito de monitorar tudo o que os funcionários fazem no computador do trabalho, desde que a vigilância seja previamente informada e esteja prevista em contrato. Segundo advogados consultados pelo G1, caso o profissional seja pego pelo monitoramento fazendo algo proibido pelo empregador, ele pode ser demitido por justa causa. Leia mais aqui.

Terra Tecnologia: Internet é ameça à espécies raras

A internet está se tornando uma das maiores ameaças às espécies de animais em perigo, alertaram conservacionistas no encontro da Convenção Internacional de Comércio de Espécies em Perigo (Cites), da ONU, em Doha, no Catar. Leia mais aqui.

IDG Now!: Empresa vendeu três mil ceulares com vírus

No começo do mês, a empresa Panda Security identificou a presença de pragas virtuais em um celular HTC Magic, vendido pela operadora Vodafone. Em seu cartão de 8 GB microSD havia uma amostra do Conficker (vírus que já infectou computadores em todo mundo), um ladrão de senhas e um componente para conexão a botnets (redes de PCs zumbis). Leia mais aqui.

Leitura recomendada da semana passada, o projeto de lei apresentado no Senado americano foi aprovado nesta semana. Veja a notícia.

IDG Now!: Comissão do Senado dos EUA aprova projeto de lei de cibersegurança

Um projeto de lei que pretende introduzir grandes mudanças na frente de cibersegurança federal dos Estados Unidos foi aprovado pelo Comitê de Comércio do Senado na quarta-feira (24/3), apenas alguns dias após ser apresentada. Leia mais aqui.

xxxxxxxxxxxxx

Veja a “leitura recomendada” da semana passada: Cibersegurança e Apocalipse Cibernético

xxxxxxxxxxxxx

IDG Now!: Yahoo, Google e Fox disseminam vírus em anúncios

Você visita um site que considera seguro ou faz uma busca em sua ferramenta preferida e acha que está tudo bem. Não necessariamente. Segundo a empresa de segurança Avast, foi identificada uma verdadeira epidemia virtual de sites com o uso de banners nocivos. E fornecidos por empresas como Yahoo, Fox e Google. Leia mais aqui.

Cyber Crimes – Delegado Mariano: Próxima guerra mundial poderá ser no ciberespaço

A próxima guerra mundial poderá ter lugar no ciberespaço, segundo advertiu o chefe da agência de telecomunicações da ONU. “A próxima guerra mundial poderia acontecer no ciberespaço o que seria uma catástrofe. Temos que ter certeza de que todos os países entendem que nessa guerra, não existe uma coisa como uma superpotência”, disse Hamadoun Toure. Leia mais aqui.

IDG Now!: Ciberataques ameçam a existência dos Estados Unidos

Um alto funcionário do FBI revelou nesta quarta-feira (24/3) que muitos dos ciberadversários dos Estados Unidos detêm a capacidade de acesso a praticamente qualquer sistema de computador, representando um risco tão grande que pode "desafiar a própria existência do país". Leia mais aqui.

Web Segura.net: A estrutura de uma organização do cibercrime

Recentemente, o FBI publicou uma lista de 10 funções internas nas organizações relacionadas ao cibercrime no qual me levou a escrever este artigo. Com avanço da tecnologia, o crime organizado também teve a necessidade de evoluir e hoje conta com inúmeras organizações ligadas ao cibercrime. Leia mais aqui.

Sapo.PT - Portugal: Combate ao cibercrime já não tem fronteiras

É uma das grandes vantagens da convenção cibercrime internacional a que Portugal aderiu e concretizou com esta lei. É tão importante estar na lei como estar dentro de um sistema internacional que funcione. Leia mais aqui.

Quer colaborar? Deixe seu comentário. Bom final de semana.

Nenhum comentário: