Pular para o conteúdo principal

Vulnerabilidades nos sistemas Macintosh + Dicas

A empresa chamado Intego, que comercializa o software chamado VirusBarrier, Antivírus Barrier um dos melhores software antivírus disponíveis para a plataforma Mac OS X (linha Mac e iPhone), disponibilizou no seu relatório anual de segurança quais são as principais ameaças a que os dispositivos da famosa “marca da maçã’ estiveram sujeitos durante 2009.

Costumamos ter a plataforma Mac como pouco visada pelos atacantes, mas a verdade é um pouco diferente, pos que esses mesmos ataques referenciados no relatório mostram uma tendência de crescimento. Aliás, os sistemas operacionais Mac estão em segundo lugar em utilização no mundo.
image

Em princípio, estes ataques parecem visar apenas os software de terceiros, em que existe uma implantação mais alargada do mesmo, mas a verdadeira exposição poderá acontecer (se nada for feito) quando os ataques acontecerem ao nível do próprio sistema operativo, tal qual ocorre com o Windows.

O interessante é que podemos tirar algumas conclusões da leitura do relatório, não necessariamente na ordem de importância, mas todas relevantes:

- As principais ameaças são resultado da instalação de softwares pirateados (iWork’09 e Adobe CS4), ou resultam de fazer Jailbreak ao iPhone (leia mais sobre o que é “Jailbreak” aqui) e instalar o OpenSSH;

- Assim como em outros SOs, grande parte destas ameaças necessitam de uma colaboração total por parte dos utilizadores dos dispositivos Mac;

- image As ameaças continuam ainda sendo muito limitadas, embora se note uma tendência para que as mesmas cresçam, o que se torna preocupando em termos de segurança;

- O bom é que começam já a existir softwares de segurança de qualidade (veja lista mais completa abaixo), os quais podem ajudar a detectar e corrigir estes mesmos problemas.

Além do antivírus Barrier, que pode ser baixado aqui, existem várias outras opções no mercado, inclusive de código aberto. Veja a lista sugerida:

- iAntiVirus (único freeware!);
- ClamXav (código aberto - GPL);
- avast! Mac Edition (trial);
- Kaspersky (trial);
- Sophos Anti-Virus (trial);
- Nod32 Antivirus for Mac OS X (4.0 Beta);
- McAfee VirusScan (versão demo);

Segundo uma reportagem de 2008, da INFO, já havia a recomendação da Apple para que os usuários agregassem a segurança de um software antivírus, indicando o Barrier, o Norton ou o McAfee.




Fica, então, a dica para quem usa os sistemas operativos da Macintosh para que tomem mais cuidado, sabendo que, por exemplo, desbloquear o aparelho iPhone pode ser bom, porém perigoso para sua segurança virtual.

Fonte de auxílio para elaboração deste post: Owasp Portugal.

Comentários

VonNaturAustreVe disse…
Achei interessante o artigo, não é todo dia que vemos dicas de segurança para macs :)

[]'s

Postagens mais visitadas deste blog

Facebook: endereço de envio de intimações e/ou ordens judiciais

Achei interessante atualizar (fev/2018) esse post de outubro de 2011, visando deixar a informação mais correta e atualizada em relação aos procedimentos no Facebook: Várias pessoas me perguntam(vam) sobre o endereço do Facebook, que anunciou, em 2011, abrir um escritório no Brasil. Todo o procedimento de tratamento está explicado no nosso livro, escrito com o Dr. Higor Jorge: Crimes Cibernéticos - Ameaças e Procedimentos de Investigação. Veja como adquirir o livro: Como adquirir os livros? O resultado da pesquisa do registro do domínio nos remete a um escritório de registro de propriedade intelectual, porém, o escritório para envio de ordens judiciais e/ou intimações, além de requerimentos, é o seguinte: FACEBOOK SERVICOS ONLINE DO BRASIL LTDA Rua Leopoldo Couto de Magalhães Júnior, 700, 5º Andar, Bairro Itaim Bibi, São Paulo-SP, CEP 04542-000 - Fonte:  Jucesp Online Não sabíamos como seria o tratamento das informações e respostas às solicitações das chamadas

Estamos entre os melhores Delegados de Polícia, segundo Censos de 2017, 2018 e 2019

No ano de 2017 já havíamos sido agraciados com a distinção e citação dentre os melhores Delegados de Polícia na Categoria Jurídica.  Em 2018 e 2019, segundo o Portal Nacional dos Delegados , fomos novamente escolhidos, dentre os Melhores Delegados de Polícia do Brasil, na Categoria Gestão. Assim, ficamos muito lisonjeados pelo reconhecimento nacional em termos de gestão , especialmente pelo trabalho frente ao Conselho Nacional de Chefes de Polícia Civil, o CONCPC, e, também, da atividade de inteligência. Vejam a lista completa dos agraciados de 2019, clicando aqui . Seguimos em frente. Deixamos a Chefia da Polícia Civil do RS, deixamos a área de inteligência, porém na vamos continuar nos dedicando à atividade de Segurança Pública.

Livro Direito & TI: Cibercrimes: debates contemporâneos sobre a ciberciminalidade

Em 2019 lançamos outro livro com destaque na área de Direito e Tecnologia da Informação. A obra Direito & TI: cibercrimes  contou com a participação de inúmeros autores do Brasil, México e Portugal. O release do livro: A cibersegurança é uma preocupação global, e as legislações têm muito a evoluir, pois a sociedade espera que o Direito resolva os problemas da Tecnologia da Informação, efetivando um controle sobre as condutas, quando essa perspectiva não é realista. O Direito tem a possibilidade de contingenciar os riscos do dia a dia de qualquer atividade, e, especialmente, o Direito Penal, deve ser a última razão de contingenciamento, estabelecendo a conduta e penas respectivas àquelas condutas que trazem danos aos dados ou a informação. Os autores: Emerson Wendt (organizador), Alberto Enrique Nava Garcés, Alesandro Gonçalves Barreto, Andrey Henrique Andreolla, David Augusto Fernandes, Diana Zanatta, Fernanda Brandt, Gabriel Araújo Souto, Iago de Pádua Grillo, Manuel David Massen