Pular para o conteúdo principal

Notícia: Notificações de incidentes de segurança recuam 13% no 3º trimestre

No terceiro trimestre deste ano foram totalizadas cerca de 30 mil notificações sobre incidentes de segurança no país, o correspondente a uma queda de 13% em relação ao mesmo período de 2008, segundo dados do Centro de Estudos, Resposta e Tratamento de Incidentes de Segurança no Brasil (CERT.br).

O resultado representou ainda expressivo decréscimo de 63% em na comparação como o segundo trimestre deste ano. As tentativas de fraude reportadas foram inferiores a 8 mil entre julho e setembro, total 86% menor frente ao segundo trimestre e 49% inferior ante o mesmo período de 2008.

De acordo com o CERT.br, o principal motivo foi a queda no número de relatos de eventuais quebras de direitos autorais, por meio de distribuição de material em redes P2P. A redução foi de 99% em relação ao segundo trimestre e de 97% na comparação com o mesmo período de 2008.

Ainda com relação a tentativas de fraude, o relatório apontou aumento de 22% nas notificações sobre cavalos de Tróia no trimestre. Já o número de páginas falsas de bancos e sites de comércio eletrônico (phishing tradicional) reportadas teve alta de 6% ante o segundo trimestre, mas foi 66% maior contra o mesmo período de 2008.

Outra categoria que apresentou aumento de notificações está relacionada com a propagação de worms, que inclui infecções por bots, que totalizou 6.012 entre julho e setembro,número de 72% maior do que no trimestre anterior e 14% maior em relação ao mesmo período de 2008.

De acordo com Cristine Hoepers, analista de Segurança do CERT.br, cada vez mais máquinas de usuários finais estão conectadas via banda larga, de modo que não só possuem melhor conectividade, mas tendem a ficar mais tempo conectadas. “Por este motivo, elas acabam sendo um alvo mais atraente para os atacantes, bem como são mais facilmente infectadas por códigos maliciosos que se propagam automaticamente, como worms e bots", observou.

Já os relatos sobre ataques a servidores web registrou acréscimo de 1,6% em relação ao trimestre anterior, mas aumentaram 46% na comparação com o terceiro trimestre de 2008.

Fonte: TI Inside Online

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Facebook: endereço de envio de intimações e/ou ordens judiciais

Achei interessante atualizar (fev/2018) esse post de outubro de 2011, visando deixar a informação mais correta e atualizada em relação aos procedimentos no Facebook: Várias pessoas me perguntam(vam) sobre o endereço do Facebook, que anunciou, em 2011, abrir um escritório no Brasil. Todo o procedimento de tratamento está explicado no nosso livro, escrito com o Dr. Higor Jorge: Crimes Cibernéticos - Ameaças e Procedimentos de Investigação. Veja como adquirir o livro: Como adquirir os livros? O resultado da pesquisa do registro do domínio nos remete a um escritório de registro de propriedade intelectual, porém, o escritório para envio de ordens judiciais e/ou intimações, além de requerimentos, é o seguinte: FACEBOOK SERVICOS ONLINE DO BRASIL LTDA Rua Leopoldo Couto de Magalhães Júnior, 700, 5º Andar, Bairro Itaim Bibi, São Paulo-SP, CEP 04542-000 - Fonte:  Jucesp Online Não sabíamos como seria o tratamento das informações e respostas às solicitações das chamadas

Estamos entre os melhores Delegados de Polícia, segundo Censos de 2017, 2018 e 2019

No ano de 2017 já havíamos sido agraciados com a distinção e citação dentre os melhores Delegados de Polícia na Categoria Jurídica.  Em 2018 e 2019, segundo o Portal Nacional dos Delegados , fomos novamente escolhidos, dentre os Melhores Delegados de Polícia do Brasil, na Categoria Gestão. Assim, ficamos muito lisonjeados pelo reconhecimento nacional em termos de gestão , especialmente pelo trabalho frente ao Conselho Nacional de Chefes de Polícia Civil, o CONCPC, e, também, da atividade de inteligência. Vejam a lista completa dos agraciados de 2019, clicando aqui . Seguimos em frente. Deixamos a Chefia da Polícia Civil do RS, deixamos a área de inteligência, porém na vamos continuar nos dedicando à atividade de Segurança Pública.

Livro Direito & TI: Cibercrimes: debates contemporâneos sobre a ciberciminalidade

Em 2019 lançamos outro livro com destaque na área de Direito e Tecnologia da Informação. A obra Direito & TI: cibercrimes  contou com a participação de inúmeros autores do Brasil, México e Portugal. O release do livro: A cibersegurança é uma preocupação global, e as legislações têm muito a evoluir, pois a sociedade espera que o Direito resolva os problemas da Tecnologia da Informação, efetivando um controle sobre as condutas, quando essa perspectiva não é realista. O Direito tem a possibilidade de contingenciar os riscos do dia a dia de qualquer atividade, e, especialmente, o Direito Penal, deve ser a última razão de contingenciamento, estabelecendo a conduta e penas respectivas àquelas condutas que trazem danos aos dados ou a informação. Os autores: Emerson Wendt (organizador), Alberto Enrique Nava Garcés, Alesandro Gonçalves Barreto, Andrey Henrique Andreolla, David Augusto Fernandes, Diana Zanatta, Fernanda Brandt, Gabriel Araújo Souto, Iago de Pádua Grillo, Manuel David Massen