Pular para o conteúdo principal

Conclusão da 6ª Edição do Curso de Crimes Praticados pela Internet

Hoje concluímos, com satisfação, mais uma edição do Curso de Crimes Praticados pela Internet. Esse curso, mais um dos promovidos pela Acadepol com apoio da Senasp, foi especial: teve como público alvo os alunos-delegados em formação na Academia.

Tivemos a felicidade de agregarmos conhecimento de um grande profissional nessa área de TI: Paulo Rogério Lino. Hoje em atividade fora do país, o Lino é integrante do IPES (International Police Executive Symposium) e está promovendo o 16th Annual Symposium, que ocorrerá em Ohrid, Macedonia, no mês de junho de 2009.

Importante registrar que em algumas oportunidades o Paulo Lino auxilou-me em investigações relacionadas a crimes cibernéticos, sendo ele e o nosso instrutor-mor, Rogério Nogueira Meirelles, os referenciais nessa área.

Mais uma vez, espero que os alunos tenham gostado desse curso que, em sua grande parte, é prático e voltado realmente à incutir no agente ou delegado a cultura e o hábito de investigar os crimes praticados pela internet. Estes crimes tendem a crescer cada vez mais, podendo se dizer que nos próximos anos corresponderão à principal prática delitiva no mundo.

Como esta é a última edição deste ano de 2008, gostaria de registrar os agradecimentos ao Meirelles, ao Bittencourt (Luís Fernando da Silva Bittencourt), ao Carivali (Leonel Fagundes Carivali) e aos peritos do IGP Evandro e Cristiano, também instrutores do curso, pelo denodo e enorme dedicação no mister de transmitir os conhecimentos necessários para uma boa investigação.

A partir de março de 2009 retornaremos às edições do mesmo curso, tanto na Capital quanto nas regionais pelo interior do Estado.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Facebook: endereço de envio de intimações e/ou ordens judiciais

Achei interessante atualizar (fev/2018) esse post de outubro de 2011, visando deixar a informação mais correta e atualizada em relação aos procedimentos no Facebook: Várias pessoas me perguntam(vam) sobre o endereço do Facebook, que anunciou, em 2011, abrir um escritório no Brasil. Todo o procedimento de tratamento está explicado no nosso livro, escrito com o Dr. Higor Jorge: Crimes Cibernéticos - Ameaças e Procedimentos de Investigação. Veja como adquirir o livro: Como adquirir os livros? O resultado da pesquisa do registro do domínio nos remete a um escritório de registro de propriedade intelectual, porém, o escritório para envio de ordens judiciais e/ou intimações, além de requerimentos, é o seguinte: FACEBOOK SERVICOS ONLINE DO BRASIL LTDA Rua Leopoldo Couto de Magalhães Júnior, 700, 5º Andar, Bairro Itaim Bibi, São Paulo-SP, CEP 04542-000 - Fonte:  Jucesp Online Não sabíamos como seria o tratamento das informações e respostas às solicitações das chamadas

Estamos entre os melhores Delegados de Polícia, segundo Censos de 2017, 2018 e 2019

No ano de 2017 já havíamos sido agraciados com a distinção e citação dentre os melhores Delegados de Polícia na Categoria Jurídica.  Em 2018 e 2019, segundo o Portal Nacional dos Delegados , fomos novamente escolhidos, dentre os Melhores Delegados de Polícia do Brasil, na Categoria Gestão. Assim, ficamos muito lisonjeados pelo reconhecimento nacional em termos de gestão , especialmente pelo trabalho frente ao Conselho Nacional de Chefes de Polícia Civil, o CONCPC, e, também, da atividade de inteligência. Vejam a lista completa dos agraciados de 2019, clicando aqui . Seguimos em frente. Deixamos a Chefia da Polícia Civil do RS, deixamos a área de inteligência, porém na vamos continuar nos dedicando à atividade de Segurança Pública.

Tecnologia da Informação & Direito: um livro para o profissional de TIC

Após um longo período do projeto, iniciado lá em 2014 e interrompido em 2015, finalmente (não é em tom de reclamação, mas motivado pela falta de tempo!), lancamos em 2018 o livro: Tecnologia da Informação & Direito. O livro é fruto de uma parceria com a Profª Drª Ângela Kretschmann e visa a trazer aos neófitos nos estudos da interação entre as novas tecnologias e a percepção/recepção pelo Direito, especialmente no brasileiro. Um pouco sobre o livro: Existe um diálogo muito produtivo entre os profissionais da área jurídica e os da tecnológica, que promove contínuo aperfeiçoamento dos dois campos. Nesse sentido, o livro aborda uma noção geral que envolve o estudo do Direito e da Tecnologia, os principais pontos polêmicos que instigam a análise jurídica e o desenvolvimento do Direito para a solução de conflitos típicos da era digital. O enfoque é dado, em especial, após um apanhado geral do Direito, às áreas do direito do consumidor, direito à imagem, delitos cibernéti