quinta-feira, 25 de julho de 2019

Set list com entrevistas sobre atuação policial, crimes cibernéticos e segurança da informação

Olá ...

Depois de muito tempo sumido, compartilho com vocês uma playlist criada no Soundcloud com minhas entrevistas para rádios, as que consegui compilar e agregar nesse formato. Se quiser ouvir, fica à vontade:



Inclusive, tem a última, sobre as invasões hackers aos smartphone e responsabilidades decorrentes:



Até a próxima!!

quinta-feira, 28 de março de 2019

Recomendações a pais, professores e escolas quanto às ameaças de atentado

Pós fato Suzano/SP, o alvoroço nas mídias sociais foi muito grande. Em alguns Estados mais do que outros. Muita trollagen para gerar pânico. Sendo assim, é importante algumas precauções por parte dos colégios/escolas:

Existência de meios físicos de contenção e controle:

- catraca/controle eletrônico de acesso
- controle de entrada e saída de visitantes, com registros de dados
- videomonitoramento, com gravação por pelo menos 10 dias. Ideal é 30 dias

Mecanismos preventivos:

- formatar equipe (interna ou mista interna/externa) de avaliação de ameaças;
- definir comportamentos por ordem de risco e necessidade de contingenciamento;
- definir condutas que demandam intervenção imediata (por exemplo, porte de arma, postagem em redes sociais);
- criar e gerir um sistema anônimo que permita reportar informações com condutas de risco (e-mail, telefone etc.);
- promover ambiente alicerçado em uma cultura de segurança, respeito, confiança e apoio emocional;
- incentivar alunos a compartilhar suas preocupações, anseios, dificuldades, ou seja, valorizar a fala do aluno;
- promover debates e palestras sobre bullying e consequências jurídicas dos atos para adolescentes e pais;
- envolver a comunidade escolar nas preocupações gerais sobre os comportamentos;
- prover treinamento a toda a comunidade escolar.

Sobre Bullying, escrevi, no passado, sobre a legislação até então existente - aqui - e dei dica de filme - aqui -. Como Chefe de Polícia, a Polícia Civil participou, juntamente com o MP, da formatação de um filme a respeito - veja aqui.

Medidas reativas:

- comunicar imediatamente as polícias Civil e Militar;
- acompanhar física e virtualmente os alunos envolvidos, porém com orientação policial;
- guardar os registros de vídeo, mensagens, postagens em redes sociais e entrega-las às autoridades responsáveis pela investigação;
- efetivar acompanhamento psicológico e de orientação aos envolvidos.

domingo, 27 de janeiro de 2019

Estamos entre os melhores Delegados de Polícia, segundo o Censo 2018

No ano de 2017 já havíamos sido agraciados com a distinção e citação dentre os melhores Delegados de Polícia na Categoria Jurídica. Em 2018, segundo o Portal Nacional dos Delegados, fomos novamente escolhidos, agora na Categoria Gestão.


Segundo o Portal,
A verificação do histórico do delegado de polícia é uma forma de valorizar ainda mais seu empenho. A sociedade deseja conhecer os delegados que são dedicados à busca de melhoria da atividade jurídica e funcional, amparo imprescindível para minimizar os danos causados pelo alto índice de criminalidade que atinge o Brasil. 
Os delegados que fazem parte do Hall dos “Melhores Delegados de Polícia do Brasil em 2018” foram avaliados por centenas de milhares de usuários e colaboradores que visitam o Portal Nacional dos Delegados e suas redes sociais.
A metodologia aplicada para seleção dos Melhores Delegados de Polícia do Brasil em 2018, incidiu em estudos nas mídias sociais, apontamentos de URLs, reputação, repercussão e resultados satisfatórios de serviços, votos coletivos, palestras, histórico de atividades positivas, produções funcionais, policiais e jurídicas, além de habilitações e qualificações oriundas de análises curriculares. 
Foram 2.843 delegados de polícia indicados, habilitados e avaliados em todo o Brasil.
Assim, ficamos muito lisonjeados pelo reconhecimento nacional em termos de gestão, especialmente pelo trabalho frente ao Conselho Nacional de Chefes de Polícia Civil, o CONCPC.


Seguimos em frente. Deixamos a Chefia da Polícia Civil do RS e agora voltamos a nos dedicar à área de inteligência, porém na Secretaria de Segurança Pública do RS.